“Antes de mais, porque meditamos? Meditamos precisamente porque precisamos de algo. E o que é esse algo? Esse algo é o sentimento consciente da nossa unicidade com o Supremo. Este sentimento consciente deve ser espontâneo e ao mesmo tempo de toda a alma.”

Sri Chinmoy no livro Meditação 

A razão porque preciso de meditar agora, não é exatamente igual à razão porque procurei a meditação no início. No início precisava de silêncio mental e de algum controlo sobre todo “ruído” da minha mente, agora preciso desse aspeto e também de uma “alimentação” e estabilidade interior que não conhecia na altura e não sonhava que existia. A meditação diária de hoje, traz-me um sem fim de maravilhas que não conhecia, e também é a minha orientação dia a dia, como uma bússola que me guia por onde seguir, sem ter de me preocupar com o caminho que vou seguir para atingir o meu objetivo. Até porque também o meu objetivo mudou, isto é, os vários objetivos de vida que tinha, são agora um só que se manifesta nos vários aspetos da vida. Ser e deixar Ser. Assim fica fácil, é só deixar fluir o Universo em nós, sem tentar controlar como se soubesse o que é melhor.

O que pretendo dizer-vos com esta partilha, é que se acham que a meditação vos vai ajudar, estão certos. Agora…se acham que sabem como e o que a meditação vos vai trazer de bom…só ao longo do caminho nos vamos apercebendo.

Por isso, seja através de Sri Chinmoy ou de outro professor, aconselho vivamente que comece a praticar. Tudo na sua vida vai encontrar um bom caminho, uma boa solução.


“Nobody can prevent you                              “Ninguém pode impedi-lo

From being the fulfiller                                    De realizar

Of your golden dreams.”                                 Os seus sonhos dourados”

                                                                                                                   Sri Chinmoy